Saída de Steve Jobs – fim de uma era?

Li hoje na Folha On Line uma reportagem que o início me chamou a atenção pelos argumentos.

Não apenas a saída do Steve Jobs e a incerteza do futuro da Apple, mas a questão mais profunda: As empresas deixam de ser ícones pelos seus fundadores e começam a serem ícones pela sua marca.

Penso que esta realidade marca uma nova visão no mundo empresarial: Não estamos mais personificando. Estamos desenvolvendo empresas, marcas, produtos para muito mais que uma geração…

Muitos escritórios de advocacia passam por esta realidade, a sucessão do fundador. Matéria árdua de ser debatida junto a direção, mas quando é enfrentada, produz frutos salutares, pois o escritório planeja a continuidade mesmo com a aposentadoria ou falta do fundador. Com certeza, uma justa homenagem que os sucessores fazem a todo trabalho desenvolvido pelo seu fundador.

E você? Já pensou na sucessão? Já imaginou a continuidade do seu negócio?

Boa reflexão e um excelente final de semana!!!

Autor: Gustavo Rocha

Consultor nas áreas de gestão, tecnologia e marketing estratégicos. Acesse: www.gustavorocha.com

2 pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.