O que deve morrer?

direito-vida-ou-morte-eutanasiaDia 2 de Novembro se comemora (?!) dia de finados ou fiéis defuntos. Uma data em que muitos pensam sobre a sua vida, visitam cemitérios e relembram da alma que as vezes ficava esquecida.

Em datas que se fala mais abertamente sobre a morte, muitos se questionam sobre os temas polêmicos de pena de morte, aborto, etc, e muitos querem entender o porquê de existir a morte e não sermos eternos.

Muito além da questão psicológica e sociológica do tema, quero propor o raciocínio do que deve morrer, iniciando pelo que é a definição de morte.

Morte é fim da vida.

Por lógica, trabalho é vida.

Assim, deduzindo, o fim do trabalho é a morte.

E o que é o trabalho?

 

Um período que precisa ser cumprido para estar de volta em casa, segundo alguns. Para Khalil Gibran, trabalho é o amor feito visível.

E dentro do trabalho, o que precisa mudar?

A morte pode ser o fim, mas algumas coisas precisam ter fim para que outras comecem.

O melhor exemplo é o da borboleta, que precisa passar pela clausura de casulo para nascer com a sua beleza.

O que enclausura você?

Seu trabalho? Suas decisões?

Não pense em dinheiro, pois dinheiro é consequência.

Pense no que está atrasando o seu trabalho: Fluxos desconexos, tecnologia ultrapassada, falta de clareza quanto ao marketing, ou seja, aquilo que realmente impacta e que se permanecer vai matar o trabalho em si.

Antes de matar o trabalho, mate os problemas do seu trabalho.

Contra a morte do amor a vida que é o trabalho. A favor da morte daquilo que atrapalha o trabalho.

Pense em morte como transformação e não como algo pejorativo. Aliás, isto vale para todos os sentidos da palavra.

____________________________________________________
Pensamentos escritos por Gustavo Rocha
Consultoria Gustavo Rocha.com – Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
(51) 8163.3333  |  gustavo@gustavorocha.com  | http://www.gustavorocha.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s