Somos radicais? #DepartamentoasQuintas

tomDivido com vocês um texto de Tom Peters intitulado A Grande Mudança: Dizem que sou Radical, com comentários meus em vermelho.

Dizem que sou radical.

Eu digo que sou realista.

A percepção é algo individual e subjetivo, lembre-se disto! Você é o que acha que é e pode chegar aonde acha que pode. Ninguém poderá fazer o contrário. Para os fâs de Guerras nas Estrelas: A força está com você!

Dizem que eu sou muito exigente.

Eu digo que eles aceitam a mediocridade e melhorias contínuas muito rapidamente.

A evolução não apenas faz parte do crescimento. A evolução hoje é uma questão de sobrevivência! Mudar, reinventar, criar, dividir, compartilhar… Mais que adjetivos de um bom profissional, são verbos para serem conjugados na dança da vida!!!

Dizem: “Não podemos suportar esse tipo de mudança”.

Eu digo: “Seu emprego e sua carreira estão em perigo; que outras opções você tem?”.

Mudar… Como é difícil para as equipes aceitarem as novas regras, diretrizes. Veja na sua equipe quem melhor se adapta a mudanças… Este profissional está intimamente ligado ao mercado. Vale a pena investir nele! A maioria critica e não quer mudar, por pura resistência e medo do desconhecido.

Dizem: “O que há de errado com um ‘bom produto’?”.

Eu digo: “Wal-Mart ou a China, ou ambas vão comer o seu almoço.  Por que você não aproveita para fazer disso uma experiência fabulosa?”.

É o que eu sempre digo: Se os advogados ficarem procurando inventários e ações trabalhistas (exemplos de ações corriqueiras) ficarão concorrendo por preço. Se buscarem diferenciais de mercado, qualidade de resultado na prestação de serviços entre outros atributos, a guerra da concorrência fica menor.

Dizem: “Respire fundo.  Fique calmo”.

Eu digo: “Diga isso à Wal-Mart.  Diga isso à China.  Diga isso à Índia.  Diga isso à Dell.  Diga isso à Microsoft”.

O mercado não é para amadores. Nenhum escritório dividirá a estratégia com outro a não ser que isto possa resultar em negócios para ambos. O tempo não é de se isolar. É de dividir para multiplicar. Cada vez mais queremos e precisamos de profissionais com ambição e sede de conhecimento e sucesso!

Dizem que a internet é uma ferramenta útil.

Eu digo que a internet muda tudo. Agora.

A mudança é radical. Temos novas áreas jurídicas surgindo a cada momento. Preparar-se é o mínimo. Não gosta de tecnologia? Não quer saber disto? Então comande! Contrate alguém que saiba fazer!

Dizem: “Precisamos de uma iniciativa”.

Eu digo: “Precisamos de um sonho.  E de sonhadores”.

Quem já ouviu minhas palestras sabe disto. Sem o sonho não conseguimos realizar nada. Sonhar é a mola mestra da ambição, desejo intrínseco do sucesso e concupiscência da nossa verdade. Não deixe a volúpia do sonho. Sonhe! Ame! Viva a vida de verdade!!!

Dizem que um grande design é “legal”.

Eu digo que um grande design é necessário.

Mesmo em serviços, além de ofertar a ideia do que será realizado é necessário que a pessoa compreenda o sonho, que em grande parte no direito se confunde com o ideal de justiça. Não é “Vamos fazer uma ação de cobrança”, mas sim “Vamos buscar o crédito que lhe é de devido, posto que não foi cumprida a parte que era devida”. Num uma simples ação, design. Na segunda, um design para um produto/serviço atraente.

Dizem: “É importante ter um gerenciamento efetivo”.

Eu digo que as diretorias corajosas e audaciosas que representam o mercado serviram – mais do que o lanterninha de cinema e uma cadeira para os “hispânicos do futuro” – são um imperativo. Agora.

Ter a coragem para dizer não. Audácia para dizer sim. Inteligência para admitir um erro. Poder negocial para acertar as partes. Isto são adjetivos intrínsecos a bons diretores.

Dizem: “Planeje”.

Eu digo: “Faça”.

Por óbvio, sem planejamento fazer é desordenado. Contudo, apenas planejar sem ação é um tiro sem direção.

Dizem: “Precisamos de empregados mais constantes e leais”.

Eu digo: “Precisamos de mais ‘doidos’ que sempre encorajarão seus chefes a serem arrojados….antes que seja tarde demais”.

Não precisamos apenas de pessoas constantes. Precisamos de equipes em movimento, equipes que possam alterar a visão de maneira rápida, com conhecimento, estratégia e ação. Sonho? Não! Basta procurar, não matar a esperança e sonho dos funcionários, mantê-los motivados permanentemente e terás produtividade acima da média. Lembre-se: Salário é importante, mas não é tudo.

Dizem: “Precisamos de boas pessoas”.

Eu digo: “Precisamos de talento expressivo”.

Apenas bons cumpridores de tarefas não poderão trazer a vida que o escritório precisa. Precisamos de pessoas que possuam conhecimento, mas sobretudo talento para usar este conhecimento de maneira interessante, com visão de mercado e negócios e não apenas aplicar o direito. Lembre-se: Peticionar é uma commodities. O diferencial está na visão de mercado e soluções para a problemática apresentada pelo cliente.

Dizem: “Gostamos de pessoas que, com determinação de aço, dizem: Eu posso fazer melhor”.

Eu digo: “Amo pessoas que, com certo brilho maníaco nos olhos, talvez até mesmo uma risadinha, dizem: Posso virar o mundo de cabeça para baixo.  Fique olhando”.

Em hipótese alguma destrua a criatividade da sua equipe. Escute as ideias, mesmo que pareçam absurdas. Além de estimular a criatividade, muitas ideias simples economizam dinheiro, revolucionam a maneira de como as coisas estão. Pense nisto!

Dizem: “Claro, precisamos de mudanças”.

Eu digo que precisamos de uma revolução agora.

Mudar por mudar de nada adianta. Precisamos revolucionar a forma de como vemos o universo. A terra já foi plana, redonda, elíptica. Quem sabe ela é hexagonal?

Dizem: “Ele aprende rápido”.

Eu digo: “É um líder fracassado”.

O líder antes de liderar precisa saber. Ninguém consegue comandar sem conhecimento. Sem saber o que será feito, como será feito, consequências do feito, nada será feito.

Dizem: “Juntem-se e imitem”.

Eu digo: “Criem e inovem”.

Use a criatividade! Não espere sentado que alguém lhes dê a solução! Vá lá e resolva!

Dizem: “Reserva de mercado”.

Eu digo: “Criação de mercado”.

Não há mercado restrito. Tudo se copia, imita, vende. Agora, visão de negócios cria mercado. Pense em qual time queres estar: Agarrado num mercado ou sempre evoluindo para mercados emergentes?

Dizem: “Melhore e mantenha”.

Eu digo: “Destrua e repense”.

As vezes para enxergarmos algo, precisamos analisa-lo como se nunca tivéssemos conhecido. Não aceite os valores como imutáveis. Tudo muda. Até você!

Dizem: “Precisamos de clientes satisfeitos”.

Eu digo: “Quero clientes insistentes, exigentes,chatos e provocadores

O cliente satisfeito não é parâmetro. Queremos aqueles que podem nos ensinar como sermos melhores! Somente o que reclama nos oportuniza o crescimento!!!

Dizem: “Integridade é importante”.

Eu digo: “Diga a pura verdade, o tempo todo… ou caia fora”.

Sem a verdade não temos confiança. sem confiança não temos relações. Sem relações não existimos no mercado.

Dizem que a diversidade é uma “coisa boa”.

Eu digo que diversidade é um sopro de ar fresco e criativo – absolutamente necessário para a salvação econômica em tempos de perigo.

Sem diversidade não temos possibilidade de testarmos, aprendermos, renovarmos, enfim, adjetivos absolutamente necessários para o crescimento.

Dizem: “Defeito zero”.

Eu digo: “Um dia sem um ‘problema’ ou dois é um dia perdido”.

São os problemas, diversidades, pensamentos diferentes que movem o nosso universo criativo. Não queira paz! Prefira o diálogo, conversa e negociação!

Dizem: “Os tempos estão mudando”.

Eu digo: “Tudo já mudou.  Amanhã é o primeiro dia da sua revolução… senão você está frito”.

Mude ou mude ou ainda mude. Esta é a opção! Pense em como criar produtos jurídicos diversificados, analise seu mercado atual e sinta as necessidades, enfim, reinvente-se. Sempre!

Dizem: “Nem todos podem ser revolucionários”.

Eu digo: “Por que não?”.

O que obsta você de fazer a mudança? Medo? Incerteza? Mas, o mercado já mudou, não existe certeza. Então, porque ficar parado???

Dizem: “Nem todos podem ser uma marca”.

Eu digo: “Por que não?”.

Já pensaste que o escritório é uma marca jurídica, inclusive com valor de mercado? Valorize-a sempre! Enalteça a marca perante seus próprios funcionários! Faça a marca existir no mundo!

Dizem que isto é apenas um discurso de retórica.

Eu digo que esta é apenas a realidade.

E você? Pensa o que sobre todas estas reflexões?

Radicais demais para sua visão? Simples reprodução da realidade?

#Ficaareflexão

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha
Sócio da GestãoAdvBr – Consultoria em Gestão e Tecnologia Estratégicas
Sócio da Bruke Investimentos
[+55] [51] 8163.3333 | www.gestao.adv.br | http://www.bruke.com.br
Contato integrado: gustavo@gestao.adv.br [Email, Skype, Gtalk, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s