[Departamento as quintas] Monstros

Todas as quintas-feiras publicamos no portal http://www.gestao.adv.br um artigo inédito sobre departamentos jurídicos e seus relacionamentos internos, com escritórios terceirizados e muito mais. Nos acompanhe!

“Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro.
Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você” – Nietzsche

Com esta frase, vamos pensar juntos: Quais os monstros que você anda enfrentando ultimamente? O monstro da diretoria? O monstro dos prazos exíguos? O monstro dos terceirizados?

Qual o monstro que mais aplaca o seu sono?

Depois que você descobrir, inicie a análise que Nietzsche propõe: Como este monstro está devorando você?

Os nossos monstros nos devoram diariamente. Precisamos muito de inteligência emocional, precisamos muito de razão, precisamos muito de decisões racionais, baseadas em fatos e não em achismos ou sentimentos.

Sentir é errado, então?

Claro que não, é normal. Agir de maneira doce, amiga, cordial deve ser regra e não exceção.  O que é importante é uma análise intrínseca daquilo que nos afeta, pois ao nos afetar mudamos nosso trabalho, mudamos e estamos mais próximos do erro.

Outra reflexão importante a ser feita é sobre o problema e como ele se porta dentro da empresa. Algumas pessoas estão tão habituadas a determinados problemas, resoluções, imposições que agem já condicionadas a estes monstros. É como se o monstro estivesse olhando para você e determinado a sua conduta.

Algo muito parecido com o filme Monstros S.A., ou seja, a ideia era assustar as pessoas e depois descobrirmos que o sorriso é muito mais potente que o medo.

Algumas pessoas agem conforme o medo, agem sempre na defensiva, agem sempre de maneira tentar provar teses, enquanto para o trabalho efetivamente fluir, é necessário confiança. E é através da confiança que podemos sorrir, não é mesmo?

Primeira dica: Enfrente seus monstros. Analise os problemas de maneira racional. Você chegará a conclusão que tirando os sentimentos, a resposta é sempre um sim ou um não e as consequencias disto.

Segunda dica: Trate os monstros com seriedade. Alguns lerão este artigo e pensarão ser infantil. Nosso inconsciente necessita de linguagens figuradas para se conhecer. O autoconhecimento é um forte aliado do sucesso.

Terceira dica: Aprenda com os monstros dos outros. Veja na experiência de quem já enfrentou aquela situação as ideias e oportunidades de saída. Aprender com outros é sempre uma possibilidade de minimizar erros.

Não aceite os monstros como algo real. Eles são problemas que devem ficar no armário e lá – no ambiente deles – serem enfrentados. Se você ficar fazendo tempestades em copo dágua, monstros comuns e simples se transformarão em problemas mais do que reais, quase insolúveis.

Enfim, 

Cada um, na sua total individualidade, tem seus monstros. Cada um também tem a receita para destruí-los. Cabe a cada um de nós observar, analisar e principalmente enfrentar os monstros para que sejamos exemplos de sucesso.

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestaoAdvBr

http://www.gestao.adv.br gustavo@gestao.adv.br

2 comentários sobre “[Departamento as quintas] Monstros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s