Qual o MVP do seu negócio?

Photo by Debby Hudson on Unsplash

Responder o título deste artigo deveria ser óbvio, cristalino, diáfano, quiçá ululante para qualquer profissional da área jurídica, entretanto, normalmente é uma sigla pouco conhecida e pior: menos usada ainda em seus conceitos.

O que é MVP, afinal?

MVP é a sigla de Minimum Viable Product e significa produto mínimo viável. É uma prática de administração de empresas que consiste em lançar um novo produto ou serviço com o menor investimento possível, para testar o negócio antes de aportar grandes investimentos. (Fonte: https://www.significados.com.br/mvp/)

Agora que você já sabe, responda: Antes de fazer algo, investir, pensar em novo software, pensar em novos colaboradores, pensar em novas áreas de atuação, você pensa em fazer um MVP básico?

Como assim, cara pálida?

Vamos pensar em um software jurídico, por exemplo. Muitos me questionam :

Qual o melhor software?

Para qual eu troco o meu sistema atual?

Meu sistema atual não presta!

Não uso meu sistema atual direito!

Não sei usar ele direito!

E por aí vai…

Mas, poucos ou quase ninguém se questiona o MVP, ou seja, o que seria o mínimo aplicável exigido para que pudesse haver a troca de sistema afinal?

Vamos começar pelo mínimo:

  • Você conhece o sistema atual? Sabe o que ele pode fazer por você?
  • Você pensou na gestão do seu negócio, fluxos, etc e depois no sistema (sistema é ferramenta, lembre-se disto!)
  • Você sabe se as pessoas envolvidas com o sistema – alimentação, uso, etc – sabem operar adequadamente?
  • Você se preocupou em ter controles de uso, lançamento e prazos (agenda)?
  • Você tem indicadores para verificar e estratificar as informações lançadas?

Sem isto no atual sistema, para que trocar de sistema? Será que o novo sistema não irá passar pelas mesmas dificuldades e não uso ou falta de resultados que o atual?

Perceba que precisamos pensar antes de reclamar que algo não está como queremos, pois pode ser por nossa própria responsabilidade que o atual não opera adequadamente.

Mudar, crescer é excelente, mas sem planejar, gestão, pensar e usar a tecnologia como ferramenta adequada será muito difícil dar certo e permanecer certo.

Um outro exemplo básico é área de atuação: Antes de criar uma nova área ou se aventurar em ações da moda, pense:

  • Quem será o meu cliente?
  • Ele terá potencial para adquirir esta demanda?
  • Ele se interessará no resultado que ela proporciona (inclusive economicamente)?
  • Tenho pessoas, fluxos, tecnologia para fazer esta demanda ser eficiente e eficaz?
  • Quem será o líder deste projeto e responsável dele?
  • Qual o prazo que irei dar para monitorar o resultado?
  • O sistema atual comporta as novas demandas com indicadores e dados para relatórios futuros?

Faça um MVP de cada questão que for fazer daqui pra frente.. Pode ser a grande diferença entre o sucesso e o fracasso!

#FraternoAbraço

Gustavo Rocha
Consultoria GustavoRocha.com  |  Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
Robôs  | Inteligência Artificial | Jurimetria
(51) 98163.3333  | gustavo@gustavorocha.com  | www.gustavorocha.com

2 comentários sobre “Qual o MVP do seu negócio?

  1. Boa tarde!
    Obrigado Gustavo, pelas dicas e reflexões, pois muito das vezes achamos que o problema é sistema, e na verdade pode ser a falta de análise do problema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.