[A vida como ela é] Processo Eletrônico

Screen Shot 2014-05-25 at 18.42.29Muito se fala em processo eletrônico, alguns amam, outros odeiam.

Se diz que piorou a advocacia, para outros foi uma solução divina e todos concordam em sua sina: Não há como voltar atrás, não há como fugir desta nova rotina.

Alguns pensam que o processo é ruim por que é eletrônico, afinal no papel este profissional fez a sua vida.

Para outros, o eletrônico é bem-vindo e o papel já vai tarde, terminar a sua senda.

E novamente todos esquecem da realidade batida: O eletrônico é apenas o meio de se comunicar com o judiciário e não a própria advocacia.

Mudaram os meios e não os fins.

Mudaram os meios e não o escopo.

Mudaram os meios e não a vida.

Mudaram os meios, ora bolas, chega de reabrir esta ferida.

Vamos buscar treinamentos, conhecimento e aprender mais e mais das novidades da nossa profissão.

Somente fica parado no tempo aquele que já desistiu da ação.

Vamos criticar e dizer das mazelas do processo eletrônico, por que não?

Agora, apenas maldizer por maldizer, isto não cabe não.

Se ele a ti prejudica, com a OAB deve se comunicar, pois quem não se comunica, se trumbica.

E a OAB é uma entidade e não uma advinha. Vejo pela nossa comissão da OABRS de processo eletrônico esta verdade: Muita das reclamações recebidas já viraram mudança aos advogados, barbaridade.

É óbvio, ululante, diáfano e cristalino que há muito a melhorar, que existe ainda um longo caminho a se aprimorar. E não será amaldiçoando ou reclamando pelos cantos ou ainda apenas xingando que as coisas vão mudar.

Cada um deve fazer o seu papel e tentar se aprimorar, tendo a OAB como apoio, é verdade para a coisa mudar.

E quer crescer mais e mais nesta nova verdade da advocacia?

Aprenda que é através da gestão e da tecnologia que passa o mercado jurídico.

Aprenda que gestão existe primeiro, tecnologia em segundo e em zero, antes de tudo, são pessoas, treinamentos e conhecimento, sobretudo.

E nesta salada de frutas, estamos apenas com alguns ingredientes, pois sistemas, padronização e acessórios como certificação digital, java, firefox entre outros são necessários, para que o caldo seja doce e não amargo.

Ufa! Tanta informação e tanto a se fazer, o que realmente devo fazer?

Aceitar que é na mudança que está a mola mestra da vida e que sem feridas não existe a cura e a verdade da nossa existência. Somos resultados de quedas, feridas e muito aprendizado. E o processo eletrônico não é diferente: Somente cresceremos com ele após cicatrizarmos.

#Ficaareflexão

____________________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha.com – Gestão e Tecnologia Estratégicas

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333 |

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Mail, Skype, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]

Web: http://www.gustavorocha.com 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s