Caso ULBRA = Gestão?!

Estamos acompanhando nos jornais a saída do reitor da ULBRA de Canoas/RS, após a “falência” econômica da Universidade.

Uma Universidade que obtinha recursos fantásticos de seus alunos, com mensalidades altas em proporção a suas outras concorrentes particulares, bem como fontes públicas por ser “filantrópica”.

Um caso de má gestão, quiçá fraude, mas que a justiça se encarregará de apurar.

Quero abordar um aspecto que está ficando esquecido: E os funcionários e alunos?

Não o fato das demissões ou até mesmo do direito obrigacional e consumeirista dos alunos.

Mas sim, o fator da marca ULBRA.

Mesmo com crise, mesmo com situações deploráveis, a Universidade é composta de bons Professores, bons Funcionários.

Então não podemos rotular como ULBRA tudo, negativamente. Temos uma má administração, direcionada e exclusiva da direção. Nada além.

Ouço colegas, amigos falando “Aquele professor era da ULBRA”. “Aquele funcionário foi demitido da ULBRA”, num tom pejorativo, negativo, ouso afirmar: segregativo.

Devemos separar o joio do trigo.

De um lado está a gestão da Universidade com seus problemas; De outro, estão seus funcionários e professores, pessoas idôneas que não podem ser segregadas socialmente por estarem inseridas em um contexto, sem contudo serem partícipes da decisão dos rumos da Universidade.

Conclamo a todos para este reflexão.

Não apenas no caso da ULBRA. Mas, igualmente em tudo nesta vida, pois se vamos afirmar algo, que seja com propriedade, com conhecimento de causa, mas não podemos exacrar profissionais competentes que não tinham poder decisório, como sendo responsáveis pelo caos instalado na ULBRA, por exemplo.

Aproveite o feriado de amanhã para esta reflexão. Compartilhe conosco a sua opinião!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.