Adotando wiki nos escritórios de advocacia

Esta idéia pode soar estranha num primeiro momento, mas não é de todo ruim.

Para quem não conhece o que é Wiki, conheça a Wikipédia aqui. Wiki é, em resumo, uma forma de texto colaborativo.

Quando li o texto no site Law.com, a primeira comparação que fiz com a idéia de um texto wiki foi com o Google Docs. No Google Docs podemos colocar um texto na internet e compartilhá-lo com outras pessoas, permitindo que estas pessoas editem, modifiquem, etc. Mas a idéia de um texto wiki para escritórios de advocacia é mais arrojada.

Para ler o texto original em inglês, acesse aqui.

Para ler uma tradução pelo Google Tradutor, acesse aqui.

No Brasil, o advogado Gustavo D’Andrea criou a FORENSEPÉDIA, que é um texto wiki com foco jurídico. Conheça aqui.

Leia também este post sobre a Forensepédia.

Agora, porque um texto wiki ao invés de simplesmente compartilhamento de arquivos na internet, como oferta o Google Docs e tantos outros?

Pelo poder de um texto wiki ser uma fonte fidedigna de conhecimento.

Ao lermos um texto na wikipédia, sabemos que o mesmo foi produzido por alguém e pode ser corrigido por outras pessoas, dando conta que se for uma mentira ou algo errôneo, o mesmo será denunciado.

Vamos imaginar isto num escritório de advocacia.

Um escritório quer desenvolver uma tese e pega um esboço e coloca neste texto de formato wiki. Compartilha com outros colegas de seu interesse e tese. Depois, ao começar a ver o resultado no judiciário, começa a corrigir a tese, podendo a mesma estar disponível para clientes ou não clientes.

No ambiente wiki se controla quem edita.

No ambiente wiki tem níveis de acesso.

No ambiente wiki já há uma certa presunção de fonte fidedigna.

Esta é uma idéia muito interessante. Se vai ou não dar certo nos escritórios Brasileiros é outra questão. Nem nos EUA ainda é uma realidade, mas que a idéia é de ser pensada, a ísto é.

Reflita.

Quem sabe o seu escritório pode ser pioneiro?

Autor: Gustavo Rocha

Consultor nas áreas de gestão, tecnologia e marketing estratégicos. Acesse: www.gustavorocha.com

4 pensamentos

  1. Já utilizamos o Google docs, mas apenas como forma de manter determinados arquivos em local seguro. Não saberia compartilhar com toda a Web este conteúdo. Ademais, existe o problema da busca em tantas informações para que viessem a ser úteis a alguém.

    Curtir

    1. Obrigado pelo seu comentário.
      O Google Docs evoluiu bastante no último semestre. Temos como compartilhar de maneira individual, temos como montar planilhas e apresentações com muito mais recursos.
      Uso diariamente os serviços deles e aprovo.
      Ainda não estamos totalmente preparados para trabalharmos apenas na nuvem (internet), contudo, ao iniciar este trabalho estamos preparando nossa mente para o que vem aí… A exemplo do processo eletronico, digitalização, entre outros.
      Uma ótima semana!!!

      Curtir

  2. I truly believe that we have reached the point where technology has become one with our world, and I am fairly confident when I say that we have passed the point of no return in our relationship with technology.

    I don’t mean this in a bad way, of course! Societal concerns aside… I just hope that as the price of memory decreases, the possibility of copying our brains onto a digital medium becomes a true reality. It’s one of the things I really wish I could experience in my lifetime.

    (Posted on Nintendo DS running [url=http://kwstar88.insanejournal.com/397.html]R4i[/url] DS NetSurf)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.