Cinco estágios #DepartamentoAsQuintas

cinco fases do lutoQuando temos um problema, uma demissão ou até mesmo um impasse como um prazo perdido, cada pessoa reage de uma forma.

Alguns, põe a culpa noutros e/ou situações e fatos, sempre na teoria de que nada foi da sua conduta.

Outros, parecem viver num mundo de fantasia, onde tudo está bem, mesmo com a casa caindo ao redor deles.

Outros ainda enfrentam, vivem como heróis para alcançar melhor resultado, mesmo diante das adversidades.

Uma psiquiatra suíça chamada Elizabeth Kübler-Ross apresenta em dois livros os chamados 5 estágios que passam um paciente em estado terminal.

Obviamente que ninguém morre dentro da empresa pelos motivos que elencados – embora dê as vezes vontade de ceifar algumas cabeças – contudo, os cinco estágios mencionados neste estudo são muito próximos daquilo que muitas pessoas reagem ao encontrar problemas.

Vejamos os estágios:

1. Primeiro estágio – Choque e Negação: A reação inicial ao saber o prognóstico é de choque, então o paciente pode se recusar acreditar no diagnóstico ou negar que algo está errado. Manifesta frases similares a estas: “Isto não está acontecendo”; “Não, eu não. Não pode ser verdade.”; “Deve haver um engano.”; “Não pode existir nada de errado, é só esse probleminha, no restante estou perfeitamente saudável.”

2. Segundo estágio – Raiva: O paciente reage com muita raiva, zanga ou irritação ao compreender seu estado real e as conseqüências da doença. Frases: “Por que eu?”; “Por que não ele?”; “Porque comigo,que sempre fiz o bem, sempre trabalhei e fui honesto?”; “O que fiz para merecer isso?”; “Porque Deus fez isto comigo? “

3. Terceiro Estágio – Barganha: Aqui o paciente já admite a existência da doença e pode tentar negociar em busca da cura. São comuns as tentativas de acordos, barganhas ou promessas a Deus. Frases: “Se Deus me curar, dedicarei minha vida toda Ele”; “Se Deus me curar, vou ajudar os pobres.” “Deus, ajude-me a viver mais alguns anos, até os meus filhos estarem mais independentes e não precisarem tanto de mim.”

4. Quarto Estágio – Depressão: O paciente pode mostrar sinais depressivos importantes: desânimo generalizado, inquietação, alterações do sono, perda de apetite, desesperança, etc. Frases: “Eu não consigo enfrentar isto.”; “Não posso fazer minha família passar por isto.”; “O que será de mim?”; “Eu falhei.”

5. Quinto Estágio – Aceitação: O paciente compreende que a doença é inevitável e aceita seu destino. Frases: “Estou pronto, eu não quero lutar mais.”; “Já posso partir!”.

Fonte: http://geniooculto.blogspot.com.br/2010/04/os-5-estagios-de-um-paciente-terminal.html

 

Muito parecido com as reações de perda de emprego, perda de prazo e por aí a fora.

Lógico que por não estar na ótica do fim da vida, mas no fim de algo dentro da vida, deverá haver um 6º (sexto) estágio (adicionado por minha conta):

Sexto Estágio: Reação: O paciente compreende que deve perdoar dentro do si o que aconteceu, analisar os fatores para que aprenda e ultrapasse dentro de si a perda/trauma e reage olhando para frente novas possibilidades e mercados de forma que a vida possa ter seu curso natural.

Fonte: Recôncavos mentais de Gustavo Rocha a partir de suas próprias experiências de vida.

 

E dentro da realidade empresarial que vivemos, torna-se essencial este sexto elemento.

Vamos aprender a ver nos outros aquilo que pode ser difícil de ser ultrapassado e levar a eles a possibilidade de crescer, aprender, ultrapassar e viver com uma reação diante dos fatos.

Não se trata de reagir com violência ou abnegação de tudo. 

Trata-se de ver o mundo sob nova perspectiva, onde errar faz parte da vida e perfeição somente Naquele que Acreditamos.

Enfim,

#Reaja!   #VejaSobNovaPerspectiva   #MudePrimeiroaSiMesmo

Você, em sua mais íntima essência, será beneficiado com esta reação que se acontecer em cadeia, poderemos ter um mundo melhor. 

____________________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha.com – Gestão e Tecnologia Estratégicas

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Email, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]

Web: http://www.gustavorocha.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s