Empreendedores super-heróis? #TerçasdeNegócios

burocraciaSer empreendedor neste país chamado Brasil não é fácil.  Burocracia e burrocracia pegam pesado.

Demoramos mais de 3 meses para conseguir estabelecer um negócio, enquanto em outros países não levam uma semana.

Exigimos – dados reais de uma Junta Comercial – que um texto conste a palavra “maior” na qualificação de um profissional liberal como advogado (como se um menor de idade pudesse ser advogado sem ser emancipado) – além de outras bobagens em prol da burrocracia e letargia coletiva de profissionais que são remunerados para seguir leis que atrapalham o crescimento do país (destaque-se que a responsabilidade de leis burras é do povo que elege semi-analfabetos como legisladores e funcionários públicos são obrigados a cumpri-las).

Além disto, impostos que cada vez mais impõe preços absurdos e nada competitivos internacionalmente. Como é lei, pegue uma nota de combustível/abastecimento do seu carro. Mais de 47% do valor é de impostos (dados reais de um abastecimento meu). Acha muito? Comece a observar as compras que faz e verá que até mais do que isto são impostos pagos diariamente com o seu suor e lágrimas.

Realmente não é fácil ser empreendedor. Além de tudo isto – realidade pura e crua – temos as mazelas de conhecimento e desenvolvimento de um negócio, que requer muito empenho e detém similaridade com os super-heróis dos quadrinhos e cinema.

Duvida?

Veja este artigo:

10 qualidades que os empreendedores compartilham com super-heróis

Jason Nazar, cofundador e CEO da Docstoc.com, site americano que fornece ferramentas para a criação e o crescimento de empresas, adaptou a missão e os valores do seu negócio para um formato de aventura épica. O resultado foi publicado no site do Young Entrepreneur Council e mostra, de maneira divertida, valores que todos os empreendedores podem ler quando precisam de uma força extra.

1. Os super-heróis nunca desistem. Como o Batman, você precisa insistir até o último suspiro. Os desafios são superados quando você se compromete de corpo e alma à persistência sem fim.

2. Os super-heróis sempre cumprem a tarefa. Se você não salva a garota da casa que está pegando fogo, não tem justificativa. Não existem motivos, somente resultados. Ou você salva todo mundo ou não. As zonas cinzentas são para Kafka, não para heróis de quadrinhos.

3. Os super-heróis são os melhores naquilo que fazem. O Flash é o mais rápido, e todos sabem disso. Se você é desenvolvedor, então você é o melhor do mundo, e todos na sua equipe sabe disso. Deixe que o talento floresça nas áreas em que aqueles superpoderes são mais necessários.

4. Os super-heróis têm objetivos muito claros. O Capitão Marvel pode ser meio atrapalhado, mas sabe qual é seu propósito. As startups morrem quando não têm missões claras.

5. Os super-heróis não são perfeitos. Eles têm falhas, assim como todos os membros do seu time. O objetivo não é a perfeição, e sim a busca pela perfeição.

6. Os super-heróis não buscam a glória – mas a alcançam de qualquer maneira. Não faça nada porque querem atenção. Se você fizer certo, conseguirá atenção de qualquer forma.

7. Os super-heróis ajudam uns aos outros. Eles ajudam a resolver os problemas das pessoas. As startups devem ser obcecadas com a maneira como vão ajudar clientes a solucionar problemas.

8. Os super-heróis podem fazer as coisas sozinhos, mas são mais poderosos em grupo. Montar o seu próprio time de super-heróis – com respeito mútuo, lealdade e camaradagem – é vital.

9. Os super-heróis obtêm força do seu caráter. Não importa o quão “super” você ache que é, a sua força vem do seu caráter, não do seu talento. Seja corajoso, respeitoso, honrado e altruísta.

10. Os super-heróis podem realizar façanhas enormes. O esforço para começar uma barraca de limonada ou para mudar o mundo é o mesmo. A sua meta não é desenvolver um produto ou conseguir audiência; é alcançar a maior façanha do mundo. Faça o produto, salve o mundo.

Fonte: http://www.boletimdoempreendedor.com.br/boletim.aspx?codBoletim=531

 

Inquestionável que o empreendedor brasileiro, assim como o americano, deve ser um super-herói para se desenvolver.

Ainda mais com uma liga do mal/burocracia/burrocracia querendo atrapalhar a competitividade e o nosso mercado.

#Ficaareflexão

____________________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha.com – Gestão e Tecnologia Estratégicas

Bruke Investimentos – Negócios,  Valuation, Fusões e Aquisições, Oportunidades

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333 |

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Mail, Skype, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]  |

Web: http://www.gustavorocha.comhttp://www.bruke.com.br |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s