4 dicas para empreendedores e o tempo #TerçasdeNegócios

tempoSer empreendedor não é fácil, é ser mãe, pai, avó e avô, além da própria criança…

Entre as inúmeras dificuldades em ter o seu próprio negócio, o tempo é tido como uma das piores. Não sobra tempo para fazer o que deveria ser feito, a correria é sempre enorme, família sofre, enfim, nem tempo para ler este post ele tem.

Como diz o brocardo popular: “quem trabalha não tem tempo para ganhar dinheiro”.

Sabemos que não é bem assim, mas pode ser assado, caso não consiga cumprir seus objetivos.

Assim, divido 4 dicas para empreendedores ganharem tempo e faço comentários logo abaixo:

1. Seja menos operacional

Pensar o negócio de forma estratégica é o que os especialistas chamam de tempo nobre. “São as ações que ele vai fazer hoje que vão garantir o crescimento futuro, a sustentabilidade da empresa”, explica Andrea Piscitelli, consultora de estratégia humana e professora do MBA da FIA.

Geralmente, estas atividades devem consumir até 40% do tempo do empreendedor no mês. Sem essas tarefas, ele vira um gerente caro da empresa ao invés de um gestor com liderança estratégica. “Tire o máximo do operacional e delegue para a equipe”, ensina Christian Barbosa, especialista em gestão de tempo e produtividade.

2. Deixe folgas na agenda

Nunca ocupe todos os horários do dia com reuniões ou tarefas. “Ele tem que fazer bloqueios preventivos na agenda, para se dedicar ao futuro estratégico e ao autodesenvolvimento”, ensina Andrea. Além disso, é importante priorizar as atividades mais custosas para a parte do dia em que há mais disposição. “No geral, o brasileiro é mais produtivo de manhã. Prioriza o que é mais chato e vai ter mais disposição para fazer”, indica Barbosa.

Se a agenda estiver abarrotada, comece fazendo um corte de 30%. Reuniões desnecessárias, microgerenciamento e tarefas que podem ser delegadas são as primeiras coisas a serem tiradas da agenda.

3. Calcule o tempo perdido

Além de deixar espaços vagos na agenda, faça um cálculo do tempo que pode ser perdido, o chamado tempo pobre. “São tarefas urgentes para o resultado atual, mas não importantes para a sustentação futura. Você acaba virando um membro operacional da sua própria empresa”, diz Andrea.

Se participar de reuniões externas, diminua a carga de tarefas daquele dia. “Uma reunião pode consumir uma energia grande e tem que contar deslocamentos e este consumo de energia pessoal”, define Barbosa.

4. Evite listas diárias

Não faça listas de tarefas apenas para o dia. Preveja, sempre que possível, de três dias a uma semana no futuro. “Se a pessoa faz só o planejamento do dia, ela aumenta o volume de urgências. Planeje três dias para frente. Não é só fazer uma lista de tarefas, é uma lista de estratégias, para serem feitas ao longo do dia”, ensina Barbosa.

Essa técnica ajuda também a prever urgências e saber lidar com elas. A melhor forma é não correr para resolver tudo sozinho. “O empreendedor acaba vinculando a resolução da urgência a sua imagem e ele fica travado, vira escravo do negócio. Compartilhe a autonomia e os desafios com a equipe”, diz Andrea.

Fonte: http://exame.abril.com.br/pme/noticias/4-dicas-imperdiveis-para-comecar-o-dia-mais-produtivo

 

E como você vê cada uma das dicas?

Eu vejo assim:

1. Seja menos operacional

Ser operacional é custoso e na maioria das vezes um grande problema. Se você tem funcionários, divida com eles a parte operacional e depois foque no estratégico. Ficar fazendo apenas a parte operacional irá fazer com que o trabalho seja apenas trabalho e não resulte em novos negócios.

Não esqueça que o empreendedor é a família inteira em uma pessoa, então, ele tem que ser estratégia e operação, mas mais estratégia do que operação.

Não investir no marketing, em novos contatos, em relacionamentos, pode levar tudo a falência.

2. Deixe folgas na agenda

Pode parecer impossível, mas não é. Se organizando, um pedaço, um turno, alguns momentos serão só seus. Isto é essencial para desenvolver novos negócios e oportunidades.

Quem fica debruçado em reuniões, pode ficar sem a empresa.

Tenha tempo para si e para o seu negócio, isto fará ele em constante movimento.

3. Calcule o tempo perdido

Saiba quanto custa o seu tempo. Opte em usar o tempo vago para algo produtivo para a empresa ou para si, pois o empreendedor precisa de criatividade para se desenvolver.

4. Evite listas diárias

Aprenda a planejar mais do que o próprio dia, planeje a semana, o mês. Reveja este planejamento, mas esteja constantemente planejando.

“Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afiando meu machado.” Abraham Lincoln

Enfim,

Como anda seu tempo?

____________________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha.com – Gestão e Tecnologia Estratégicas

Bruke Investimentos – Negócios,  Valuation, Fusões e Aquisições, Oportunidades

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333 |

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Mail, Skype, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]  |

Web: http://www.gustavorocha.comhttp://www.bruke.com.br |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s