[Semana Nostalgia] Tecnologia

NostalgiaTecnNesta semana, artigos escritos sobre o tema há anos atrás, com contexto e verdade ainda atuais e comentários em cima do lance.

O tema de hoje é Tecnologia.

Artigo original de Dezembro de 2010:

Tecnologia, judiciário e a advocacia

Semana passada um juiz trabalhista de Porto Alegre/RS e outro de Bagé/RS realizaram uma audiência de conciliação via skype. A notícia, além de um marco tecnológico, demonstra claramente a realidade do judiciário não só gaúcho, mas nacional… Ou seja, com tecnologia no seu dia a dia. Leia a notícia aqui.

O meio utilizado para a conferência é um software gratuito de troca de audio e mensagens em todo o mundo. Ou seja, o judiciário não precisou reinventar a roda. Ele pegou o que tinha de melhor – o skype é muito bom mesmo – e utilizou.

Alguns poderão dizer que nada substitui uma audiência com as partes presentes, suas caras, trejeitos e adereços… Verdade, nada substitui o presencial, contudo, não quero dizer com isto que não podemos e não devemos adotar a tecnologia no judiciário.

Quanto se economizou de deslocamento (de Porto Alegre até Bagé são 370 km de distância)?

Quanto se economizou de tempo?

Quanto as partes se beneficiaram com uma tecnologia gratuita e de qualidade?

Não seriam estes questionamentos os princípios do judiciário? Ou seja, prestação jurisdicional na localidade, perto dos fatos, com uso da tecnologia para aproximar pessoas e reduzir custos?

Perguntas, ah! perguntas…

O fato é que o judiciário está mudando… A tecnologia está cada vez mais presente. Seja para audiências, seja para processos – processo eletronico já é um fato e não mais um sonho – seja para redução de despesas dentro do escritórios – cada vez mais se analisa os custos com impressão, escaner, entre outros, visando mais trabalho menos investimento – enfim, conhecer e aplicar a tecnologia deixou de ser um diferencial.

Agora, tecnologia é obrigação.

Você está preparado? Tem certeza?

Cuidado… Achar e estar são situações bem diferentes. E o mercado não irá esperar você se adaptar. Ou se adapta aos poucos e ficará pronto ou quando acordar para esta realidade poderá ser tarde.

Pense nisto.

*************************

Comentário atual, Abril de 2014:

Quatro anos se passaram, a tecnologia evoluiu, temos o processo eletrônico como realidade em todo Brasil, e algo ainda é essencial: A tecnologia é obrigação.

Então, advogado, prepare-se: Tudo ao seu redor mudou, novas leis, formato de se comunicar com o judiciário, forma de tratar e atender seu cliente…

E você?

____________________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha.com – Gestão e Tecnologia Estratégicas

Bruke Investimentos – Negócios,  Valuation, Fusões e Aquisições, Oportunidades

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333 |

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Mail, Skype, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]  |

Web: http://www.gustavorocha.com | http://www.bruke.com.br |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s