Dia do empresário brasileiro

Comemora-se no dia 10 de Outubro o dia do empresário brasileiro.

Comemora-se?

O quê?

Ainda temos muito a melhorar. Desde uma reforma tributária verdadeira, como respeito de alguns empresários em relação ao trabalho, funcionários e demais questões.

Contudo, é uníssono que ao falarmos de empresários lembramos de uma palavra: Prosperidade.

Sempre pensam que eles são bem sucedidos do acaso… Na verdade, por trás disto tem muito trabalho, muito suor, muita dedicação.

Um texto para refletirmos sobre prosperidade:

O mar

Era uma vez… um menino, filho de pescador, que chegou para o pai e perguntou-lhe:

– Pai, qual é o maior exemplo de prosperidade do planeta?

– O mar, filho. O mar é o maior exemplo de prosperidade.

O mar está sempre inquieto, procurando crescer e ocupar mais espaço. O mar compartilha com o homem todo o seu  encanto e abundância. O mar é líder, ele sustenta as embarcações e leva o homem aos cinco continentes. O mar é uma fonte de amor inesgotável, dando de comer ao homem. O mar é desapegado, permitindo ao Sol que o adentre e evapore suas águas. E sabe, filho, qualquer pessoa pode chegar e se servir, à vontade, de sua abundância. Pode pescar o quanto quiser. Quanto mais você pesca, mais peixes tem; é uma fonte inesgotável. Mas é preciso respeitar todas as leis universais.

Nunca se esqueça de um pequeno grande detalhe: quanto maior for sua embarcação, mais peixes poderá pescar. Apesar de toda supremacia, ele teve a humildade de manter seu nível um pouquinho, apenas um pouquinho, abaixo do nível da terra. Sendo assim, ele recebe toda a água que rola sobre o solo e consegue, de maneira fantástica, ser duas vezes maior do que a porção de terra do planeta.

Autor desconhecido

 

Quer dizer, o empresário, bom empresário, é como o mar.

Quer crescer. É lider. É humilde.

Pessoas grandes são assim, querem ajudar os outros e sabem que disto vem o crescimento. Ninguém cresce sozinho, recorde-se disto.

Vamos pensar, criticar, buscar alternativas nesta data comemorativa aos empresários brasileiros.

Sejam eles do ramo que forem, inclusive os jurídicos…

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestaoAdvBr

www.gestao.adv.br  |  gustavo@gestao.adv.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s