Visão de Mercado

Começo a ideia de visão de mercado citando um fato ocorrido no feriado da última quinta-feira: Eu e minha esposa fomos a 2 shopping centers de Porto Alegre e para nossa surpresa nenhuma loja estava aberta, exceto praça de alimentação ou farmácias.

Isto mesmo, dois shoppings em Porto Alegre, os dois maiores e de maior movimento. Queria comprar algo numa papelaria e simplesmente tive que voltar frustado pra casa.

Minha visão sobre o fato: Em cada estacionamento do shopping ficamos perplexos com a quantidade de carros. Ao entrar, pessoas e mais pessoas caminhando, um verdadeiro tumulto de gente. Acredito ter visto mais cheio apenas em época de Natal. E os comerciantes? Dormindo ou descansando em casa.

Por óbvio não quero dizer que eles não merecem o descanso. Contudo, é uma tremenda falta de visão de mercado ter inúmeras pessoas podendo comprar seus produtos e o seu negócio fechado.

Alguns dirão que não abrem porque tem que pagar hora extra. E o lucro? Vender não importa, importa apenas os custos?

Também estou ciente que para abrir em feriados precisam de autorização da justiça. Agora, cadê o movimento das associações dos shoppings se preocupando com as lojas em obter maiores lucros?

Não tenho nada contra as leis, afinal temos que segui-las. Contudo, precisamos ter visão de mercado.

O texto abaixo exemplifica bem:

A importância de conhecer o cliente e o mercado

Cirilo Veloso Moraes
Um desanimado vendedor de Coca-Cola volta de uma frustrada temporada em Israel.
Seu amigo lhe pergunta:
– Por que você não conseguiu ter sucesso com os israelenses?
O vendedor lhe disse:
– Quando eu fui designado para o Oriente Médio, eu estava confiante de que conseguiria vender muito bem nas áreas rurais. Mas havia um problema, eu não sabia falar Hebraico. Então, pensei em criar uma sequência de três cartazes para transmitir minha mensagem de vendas.
Primeiro cartaz: – Um homem caído na areia do deserto, totalmente exausto, desmaiado.
Segundo cartaz: – O homem está bebendo Coca-Cola.
Terceiro cartaz: – Nosso homem, agora está completamente recuperado, revitalizado!
Então, mandei afixar esses cartazes em todos os lugares.
– Bem, me parece que isso deveria ter funcionado muito bem… disse-lhe o amigo.
O vendedor respondeu :
– Eu só não sabia que os judeus lêem da Direita para a Esquerda!

E  no seu negócio?

Você analisa seus concorrentes? Analisa suas estratégias com frequencia? Ou pensa que clientes irão cair do céu (algo que os shoppings tem de sobra – clientes – e não abrem)?

______________________________________________
Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
http://www.gestao.adv.br gustavo@gestao.adv.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.