Download de Arquivos: Crime?

Quem nunca baixou um arquivo de música, filme ou texto pela internet que atire a primeira pedra!

Nos dias atuais muitos baixam arquivos através de programas como Emule, Kaasa, Ares, BitTorrent, entre outros. Muito se debate sobre a legalidade ou não deste tipo de atitude.

Nesta semana foi noticiado o primeiro caso de punição a uma pessoa que tinha lucro com estes downloads.

Conforme o site Português IOL Diário, “Adrián Gómez Llorente é o primeiro condenado por delito contra a propriedade intelectual, por obter benefícios financeiros através da publicação de links para a partilha de ficheiros protegidos com direitos de autor, na página http://www.infopsp.com, sem conhecimento do mesmo. Gómez foi condenado a seis meses de prisão e ao pagamento de 4.900 euros por lucros indevidos”.

A base da condenação foi o fato de que baixar o arquivo havia a necessidade obrigatória do usuário ver uma propaganda do patrocinador e nestas estavam incluidas propagandas do próprio condenado.

O assunto é similar ao caso do Pirate Bay, site famoso por ofertar produtos piratas, cujo o julgamento ainda está em andamento.

Alguns interpretam como censura na internet, outro como crime de direito autoral, entre outros crimes.

Independente da visão, estamos vendo diariamente o judiciário no mundo com alguma causa envolvendo internet e suas mazelas.

Importante começarmos a refletir sobre estes temas…

Autor: Gustavo Rocha

Consultor nas áreas de gestão, tecnologia e marketing estratégicos. Acesse: www.gustavorocha.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.