Marketing para mulheres advogadas

Um artigo publicado nos Estados Unidos por Roberta Cummings traz uma série de idéias de marketing específicos para a mulher advogada.

O artigo é bem extenso e muito interessante.

Para ler o original em inglês, clique aqui.

Para ler uma versão traduzida pelo Google Tradutor, clique aqui.

Para evitar a tautologia, ou em bom português, para não ser repetitivo, vou destacar alguns pontos que penso serem nucleares deste artigo:

Tome como prioridade o desenvolvimento das empresas: Coloque o desenvolvimento do seu cliente como prioridade!

Combine seus interesses pessoais e paixões com os interesses da empresa: Aprenda que se a paixão pelo trabalho puder ser tão interessante quanto a paixão por ser uma mulher linda, o sucesso será conseqüência.

Seja estratégica: Não pense que foi o destino. Faça o seu destino!

Invista na rede: Aproveite do cabeleireiro até ao almoço com uma amiga para desenvolver a habilidade de negociação e criação de canais de relacionamento cada vez maiores.

Não tenha medo de pedir ajuda: Não saber tudo e pedir auxílio é sinal de força e não de fraqueza. Ninguém sabe tudo, lembre-se disto.

Crie expectativas realistas: Com toda certeza não será o primeiro contato que fará que irá trazer resultado. Mas, poderá ser este contato uma alavanca para o desenvolvimento.

Ajude outras mulheres a terem sucesso: Pode soar estranho, mas quanto mais ajudamos, mais crescemos. Quanto mais queremos nos isolar ou querermos o sucesso somente para nós, mais sozinhos estamos. Aqui cabe citar uma frase de Madeline Albright: “há um lugar especial no inferno para as mulheres que não ajudar outras mulheres”. Repense suas atitudes hoje!

Evitar a venda direta: Ou seja, não diga que podes fazer isto, aquilo e aquele outro. Diga que existe uma solução, que o mercado assim se posiciona e que a melhor estratégia será esta, e estarás conquistando a confiança do cliente.

Então, você mulher advogada, prepare-se e mãos a obra!

Inicie sem receios e lute, você é fonte de vida, fonte de força, és o princípio de tudo. Ter medo do quê?

Faça valer o seu sentimento, a sua força emocional e estrutural… Vá além!

Muito sucesso!

Autor: Gustavo Rocha

Consultor nas áreas de gestão, tecnologia e marketing estratégicos. Acesse: www.gustavorocha.com

Nenhum pensamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.