Momentos

Muitos afirmam que a vida é o seu destino e nada mais.

Para outros, a vida é feita de acertos e erros, todos liberados pelo livre arbítrio.

Outros ainda, assim como eu, pensam que a vida é feita de momentos.

Na nossa carreira, na nossa vida profissional, o mesmo acontece. Temos momentos e momentos em nossa vida e nossa parte dela, a profissional, acompanha estes momentos.

Há alguns dias comemoramos o dia do advogado, dia 11 de Agosto. Neste sábado que passou, comemoramos o dia do estagiário, dia 18 de Agosto.

Dois momentos únicos e singulares em uma carreira profissional: Quando estamos mais aprendendo do que recebendo e quando recebemos para aprender mais e mais, afinal, aprender é que faz parte em cada momento da nossa vida.

Alguns desvalorizam o profissional porque naquele momento ele ainda está aprendendo muito, está iniciando a estabelecer o elo entre o aprendido na faculdade e a prática.

Lógico, o que forja o profissional além do estudo é a prática. Mas, como obtê-la, se não fizer o estágio? Ir direto depois de formado para errar e ninguém poder avisar antes?

Temos que valorizar todos os nossos momentos. Mesmo aqueles que pareceram duros demais, ou que não fomos reconhecidos ou ainda que nos achamos injustiçados. Nas palavras de Maite Perroni: “A vida está cheia de surpresas e de momentos inesquecíveis, por isso quando conseguir alcançar seus sonhos, não esqueça de olhar a seu redor para dizer obrigada a todos aqueles que de alguma maneira te deram a mão para que pudesse chegar onde você está”.

Nem sempre dar a mão significa ser bonzinho ou amável. Muitas vezes, ser duro ou indiferente também faz parte do aprendizado. Significa sim ser assertivo em prol de quem está aprendendo. Contratar estagiários apenas como de obra barata realmente é desprezível. Agora, alguns que ainda estão no patamar de estagiários sentem-se já formados com anos de profissão, tamanha as exigências que fazem.

Tudo que é exagerado, não é bom.

Se você está numa fase iniciante, seja humilde para aprender mais e mais e com o aprendizado, demonstrar cada vez mais o trabalho para ser reconhecido.

Se você está numa fase madura, seja humilde para reconhecer que aquele que hoje está aprendendo pode se tornar alguém melhor a cada dia e reconhecer isto é fundamental.

Quer dizer, ser humilde e reconhecer servem em qualquer momento.

E, na minha humildade e reconhecimento de ser um eterno aprendiz, finalizo este momento de escrita com uma frase de Cora Coralina:

“Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”

Viva cada um dos seus momentos, sejam profissionais ou não. Eles forjam quem realmente você é!

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestaoAdvBr

www.gestao.adv.br  |  gustavo@gestao.adv.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s