Vamos cortar alguns pescoços?

Em 25 de Abril de 1792 foi condenado o primeiro homem a guilhotina na França. Algo que naquela época tornou-se normal logo após.

Muitos foram guilhotinados e muitos foram os motivos, sejam eles religiosos, perseguição política, satanismo, entre outros.

Hoje, 220 anos depois, não temos a guilhotina como instrumento de paz social (embora alguns defendam algo similar hoje em dia), mas temos uma importante reflexão a se fazer nesta data: O que você vai guilhotinar hoje?

Guilhotine:

Mau humor!

Pessoas ruins!

Pessoas tristes!

Chefes! (os líderes merecem o teu perdão)

Maldade!

Agora, trate com carinho no processo de seleção para a guilhotina:

Bons exemplos!

Senso crítico!

Oportunidades!

Críticas que elevem teu caráter!

Verdades!

Sonhos!

Pessoas que estejam sempre contigo, independente da situação!

O amor em todas as suas formas!

Enfim, podemos perceber que temos muito mais a processar e viver do que a guilhotinar.

Além disto, vamos guilhotinar de nossas vidas os processos eternos internos. Tudo aquilo que você se pergunta: Por que que ainda faço assim? E não sabe a resposta… Tire da sua vida. Ou, pelo menos, permita-se criticar tudo isto para aplicar ou não a guilhotina.

Tantas coisas na nossa vida profissional e pessoal merece uma guilhotina bem afiada… As vezes, ficamos com medo desta faca e queremos deixar tudo como está. Ocorre que tudo como está não irá mudar nada.

Como diz a parábola: Como querer algo diferente aconteça se tudo que você está fazendo está igual?

Sejamos nós a mudança que queremos ver no mundo, já disse Ghandi.

Vamos cortar alguns pescoços hoje! Olhe para o lado agora. Veja alguém ou algo, situação ou contexto que não merece a continuidade na sua vida e EXTIRPE! (Óbvio, não literalmente, senão daqui a pouco vão dizer que estou instigando assassinatos…)

Não tenha medo de mudar, muito menos de guilhotinar as coisas ruins do seu caminho. A mudança começa por separar o joio do trigo. Não sabe o que é joio, nem trigo? Não importa. Corte o que é ruim na sua vida, isto que realmente importa.

Vamos cortar alguns pescoços??? O dia que tudo começou há 220 anos atrás foi hoje… Que tal, 220 anos depois, você mudar radicalmente o seu destino?

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
www.gestao.adv.brgustavo@gestao.adv.br

 

2 comentários sobre “Vamos cortar alguns pescoços?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.